Vinhos do Dão promovidos no Porto

0
584

A cidade de Viseu e a região vitivinícola do Dão promovem-se, em parceria, até 22 de Abril, na baixa da cidade do Porto, com a ambição de seduzir e conquistar os interesses de turistas e consumidores.

A Comissão Vitivinícola Regional (CVR) do Dão estreia a iniciativa “DÃO INVICTO”, mostrando ao “vivo e a cores” os néctares da região, ao mesmo tempo que, em 2017, o Município de Viseu promove o “Ano Oficial para Visitar Viseu”, procurando sustentar um crescimento de fluxos turísticos na cidade de Viriato.

A promoção dos vinhos do Dão em 24 restaurantes aderentes no eixo Flores-Mouzinho arranca, já a partir deste sábado, 15 de Abril.

Por outro lado, 30 produtores e marcas de vinhos do Dão e 10 empresas turísticas de Viseu aderem e participam da iniciativa no fim-de-semana de 21 e 22 de Abril, com uma agenda cheia de eventos, demonstrações, visitas virtuais, workshops, concertos e apresentações.

A campanha — inédita — foi apresentada esta quinta-feira, no Porto, pelo Presidente da CVR do Dão, Arlindo Cunha, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, no Palácio da Bolsa.

A iniciativa conta com o apoio institucional e de acolhimento do Município do Porto e da Misericórdia do Porto, que cederá o espaço dos claustros do MMIPO – Museu da Misericórdia do Porto, em pleno centro histórico da Invicta, na rua das Flores, para uma agenda de ações promocionais.

Para as duas instituições “região e cidade complementam-se e oferecem hoje uma atratividade renovada no mercado interno e ibérico. Juntas são um destino turístico de excelência com um mix de experiências culturais, urbanas, paisagísticas e enogastronómicas muito diferenciadoras”.

Os vinhos do Dão farão prova no Porto do seu excelente momento de forma, enquanto Viseu revelar-se-á como “destino feliz e trendy”.

O presidente da CVR Dão, Arlindo Cunha, destaca “a redescoberta dos vinhos do Dão pelo mercado nacional. Nos últimos três anos, a região cresceu 18% no volume de vendas, certificando atualmente 15 milhões de litros de vinhos”.

Por sua vez, no seu “Ano Oficial”, Viseu procurará confirmar e consolidar a tendência de crescimento do número de dormidas na cidade registado nos últimos três anos: 13% em 2014, 18% em 2015, aproximadamente 20% em 2016 (estimativa provisória do Turismo do Centro), atingindo um volume aproximado de 170 mil dormidas.

Em 2017, o Município acalenta a expectativa de chegar aos 200 mil hóspedes.

Almeida Henriques acredita que “Viseu está no ponto ideal para ser redescoberto como destino turístico de excelência”, dispondo de “fortes atributos históricos e patrimoniais, vinhateiros, ambientais e qualidade de vida”. “O ‘boom’ turístico em Portugal reclama iniciativas como esta e a afirmação de destinos complementares”, afirma.

Nas provas e workshops vínicos, prometem ganhar saliência as marcas diferenciadoras do Dão, através das suas “castas-rainha”: o Touriga-Nacional nos tintos e o Encruzado nos brancos. Manuel Carvalho, Nuno Cancela de Abreu e Osvaldo Amado serão oradores convidados nas “provas especiais” propostas ao público.

“Mais do que nunca, fazemos justiça à nossa condição de berço destas castas nacionais notáveis”, sublinha Arlindo Cunha. “A diferenciação, a elegância e a vocação gastronómica dos vinhos do Dão está a afirmar-se”, conclui.

Na agenda da presença promocional de Viseu na Invicta apresenta-se a “1ª visita guiada a Viseu no Porto”, que se realizará na tarde de sábado, 22 de Abril, conduzida pelo historiador Joel Cleto.

A visita — de carácter inédito — explorará as múltiplas afinidades mitológicas, históricas, culturais e artísticas entre as cidades do Porto e de Viseu, desde tempos anteriores à nacionalidade até à contemporaneidade, passando pelas primeiras obras do Renascimento nas duas cidades.

Na bagagem, Viseu levará ao Porto um conjunto de tecnologias virtuais turísticas com experiências “imersivas”, “made in Viseu”, nomeadamente o projeto “VIKE” e a APP Viseu 360º.

DEIXE UMA RESPOSTA