Morreu o maior Playboy de todos os tempos

0
399

Morreu ontem à noite, aos 91 anos, o sr. Playboy.

De acordo com um comunicado divulgado pela revista, Hefner morreu de causas naturais, rodeado pela família.

The life and times of Hugh Hefner

Hugh Hefner 1926-2017: the life and times of a Playboy.

Publicado por Telegraph News em Quinta-feira, 28 de Setembro de 2017

Hugh Marston Hefner nasceu em Chicago, em 9 de abril de 1926.

Foi o fundador e editor chefe da mais famosa revista erótica do mundo, a Playboy, lançada em dezembro de 1953. Foi editor da revista, com a companhia-mãe Playboy Enterprises sendo gerida por Scott Flanders desde 2009.

Em sua primeira edição, a Playboy apresentou o calendário fotográfico de Marilyn Monroe. Esteve presente em mais de vinte e oito países com suas próprias editoras nacionais, como o Brasil, Japão, França ou Portugal.

Ironicamente, Hefner é o filho mais velho de pais protestantes e conservadores, Glenn e Grace Hefner, e descende de importantes patriarcas puritanos do estado americano de Massachusetts, como William Bradford e John Winthrop.

A sua fortuna pessoal foi avaliada em 2011 em mais de 43 milhões de dólares.

Já na escola interessou-se pelo jornalismo, criando um jornal da escola e desenhando cartuns. No último ano do curso de medicina, após ser rejeitado por uma rapariga por quem se tinha apaixonado, resolveu reinventar-se como “Hef”, uma figura sofisticada que logo lhe garantiu popularidade entre os colegas.

Após se formar em 1944, juntou-se ao exército dos EUA, trabalhando como secretário e cartunista antes de ser dispensado em 1946.

Hefner teve aulas de arte no Art Institute of Chicago e em seguida entrou na Universidade de Illinois, onde se formou em apenas dois anos e meio em psicologia. Em seguida estudou sociologia na Northwestern University, enquanto trabalhava como cartunista e editor.

Em 1949, se casou com Mildred Williams, de quem se separou dez anos depois. Tiveram dois filhos, Christie (nascida em 1952, sucedeu o pai no comando da Playboy entre 1985 e 2009) e David (n. 1955).

Após alguns trabalhos em lojas, conseguiu um trabalho na Esquire em 1951, sendo demitido após a companhia se mudar para Nova Iorque e Hefner exigir um aumento para aceitar se mudar.

Seguiram-se empregos na editora Publisher’s Development Corp. e a revista infantil Children’s Activities, até Hefner decidir que criaria uma publicação própria, uma revista masculina sofisticada visando a geração pós-guerra.

O momento definitivo para Hefner foi uma reunião do colégio, em que se lembrou de sua época como “Hef”.

Com empréstimos e penhores angariou 8 mil dólares para criar a Playboy, que foi lançada em 1953 com Marilyn Monroe na capa.

Hefner nunca conheceu Monroe pessoalmente, mas como gratidão por ter garantido sua entrada no mercado comprou o jazigo próximo ao túmulo de Monroe no Westwood Village Memorial Park Cemetery, em Los Angeles.

DEIXE UMA RESPOSTA