Volta a Portugal do Futuro com etapas “rainha” na região Centro

0
473

A 26ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros, competição exclusiva para corredores do escalão Sub-23, vai para a estrada entre os dias 5 e 9 de setembro.

Durante cinco dias, as 10 equipas em prova terão pela frente seis etapas que totalizam 612,9 quilómetros.

Com o início marcado para Águeda, o pelotão sai da Capital da Bicicleta com baterias apontadas para o maciço central na direção de Oliveira do Hospital e ao Monte do Colcurinho.

Mudando a rota para sul, a competição deixará marca em Arganil, Abrantes, Castelo de Vide e Santarém, onde termina, no domingo, 9 de setembro, em pleno Festival Bike Portugal.

A revelar novos campeões desde 1993, a Volta a Portugal do Futuro é uma competição carismática da categoria Sub-23, que celebra todos os que aspiram a pertencer à elite do ciclismo.

A pensar nas características de todos os participantes, a Podium Events, organizadora da prova, inclui este ano um contrarrelógio individual no penúltimo dia de competição – 8 de setembro, sábado – que terá etapa dupla. Em cinco dias, o jovem pelotão terá pela frente treze Metas Volantes e onze Prémios de Montanha.

Para Joaquim Gomes, diretor da Volta a Portugal do Futuro, e primeiro vencedor da prova, em 1993, “esta competição persegue há 26 anos o desígnio de anunciar os melhores valores da velocipédia nacional, e este ano vai, de forma inédita ao longo de cinco dias, ligar Águeda – Capital da Indústria da Bicicleta – a Santarém, onde decorre o Festival Bike Portugal, o maior certame da especialidade.”

Com um percurso variado a 26ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros é um equilíbrio entre “etapas teoricamente mais fáceis, como o circuito inicial em Águeda ou a última etapa em Santarém, e a difícil escalada ao Monte do Colcurinho, em Oliveira do Hospital, logo ao segundo dia de prova”.

O contrarrelógio individual de Castelo de Vide, no penúltimo dia de prova – já utilizado com sucesso na Volta ao Alentejo – e a longa etapa de transição, Arganil – Abrantes, “recheada de Prémios de Montanha que poderá revelar as ‘mazelas’ da ‘Batalha do Colcurinho’ da véspera, deverão merecer também um destaque especial na história da 26ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros”, acrescenta Joaquim Gomes que conclui, “os nossos melhores Sub23 vão destacar-se pela regularidade”, mas apenas um pode suceder a José Neves Fernandes (Liberty Seguros – Carglass) vencedor em 2017.

 Percurso para Campeões de Futuro

A primeira etapa, a 5 de setembro, será totalmente discutida em Águeda. Na cidade Capital da Bicicleta haverá um circuito com quatro grandes voltas que vão totalizar 118 quilómetros.

Após uma neutralização, a segunda etapa vai levar o pelotão a Oliveira do Hospital de onde vai partir para um dia de 136 quilómetros que inclui contagem de montanha de primeira e de segunda categoria. O fim da tirada reserva a subida do Monte do Colcurinho a mais de 1200 metros de altitude na linha que delimita o concelho de Oliveira do Hospital de Arganil.

A terceira etapa, a caminho do centro do território continental, será igualmente dedicada à montanha com quatro contagens. Em 151,5 quilómetros será feita a ligação entre Arganil e Abrantes.

O penúltimo dia de competição será composto por duas etapas. A da manhã com quase 80 quilómetros partirá de Abrantes para Castelo de Vide. No período da tarde, na quinta etapa, será feito um contrarrelógio individual de 8,4 quilómetros na vila alentejana, exatamente no percurso utilizado já este ano na Volta ao Alentejo e que passará junto à Ermida de Sra. da Penha na Serra de São Paulo, sobranceira a Castelo de Vide.

Por fim, e para continuar a celebrar a Bicicleta, a derradeira jornada da 26ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros faz quartel-general no Centro Nacional de Exposições, em Santarém. A derradeira etapa, a 9 de setembro, coincide com o último dia de mais uma edição do Festival Bike Portugal, certame dedicado ao comércio e indústria das duas rodas a pedal. Os definitivos 118 quilómetros vão terminar cerca das 18h20.

DEIXE UMA RESPOSTA